O que você precisa saber antes de visitar São Petersburgo?

DSC_0001m

A Rússia sempre me pareceu um lugar remoto e inacessível. Mês passado, tive a oportunidade de passar 4 dias em São Petersburgo e, apesar de eu estar bastante animada para viagem, confesso que fiquei um pouco apreensiva. A cidade é linda, como eu já esperava que fosse, com todos seus canais e prédios gigantescos, mas não tive muito tempo para planejar a viagem e não fui preparada para alguns fatores. Por isso, resolvi compartilhar aqui tudo o que você precisa saber antes de visitar a antiga capital russa, que será uma das cidades-sede da Copa do Mundo de 2018. Nós, brasileiros, temos a vantagem de não precisarmos de visto, o que torna a ida mais fácil e mais barata.

COMUNICAÇÃO

Minha primeira dica é não esperar que absolutamente ninguém fale inglês. Nem mesmo funcionários do aeroporto, do hotel e do museu. Em compensação, todo mundo se mostrou bem solícito para me ajudar, tanto pessoas mais jovens quanto as mais velhas. Toda minha comunicação durante a viagem foi feita através de mímicas, anotações ou Google Tradutor.

TRANSPORTE

A cidade tem um complexo sistema de transporte que abrange ônibus públicos, ônibus particulares, micro-ônibus ou táxis compartilhados (marshrutkas), trólebus, tram, metrô e táxis aquáticos. Ufa! Nem todo ônibus e tram tem um televisor que mostra a próxima parada. E já no caminho do aeroporto ao hotel, deu para notar que o trânsito é intenso e não apenas no hora do rush.

DSC_0040m

DICAS: 1) Antes de reservar um hotel, eu recomendo checar se de lá tem transporte direto para as atrações principais, principalmente metrô. Apesar de eu ter gostado da localização do meu hotel por estar perto de ótimos bares e restaurantes, não era perto de nenhuma estação de metrô e, para muito lugares, eu teria que fazer baldeação.

2) Para sair do aeroporto, o ônibus 39 leva você à estação de metrô Московская. Você verá o ponto dele assim que pisar fora do aeroporto.

3) O Uber funciona lá (inclusive nas imediações do aeroporto) e é uma ótima opção se você estiver tendo dificuldades com comunicação e os endereços em cirílico. Sua única comunicação será “privet” (oi) e “spasiba” (obrigado/obrigada).

 4) Eu comprei um chip da Tele2 de 5GB dentro do aeroporto que salvou a minha vida. E custou só 3,5 EUR!

RESTAURANTES, BARES E MERCADOS

Tudo lá é escrito no alfabeto cirílico, incluindo o letreiro de redes como McDonald’s, Burger King, Subway e Starbucks. O menu deles também. Então, você pode passar um bom de tempo só tentando traduzi-lo.

DSC_0063m

DICAS: 1) Pesquisar se o restaurante ao qual estiver planejando ir oferece cardápio em inglês ou já ir preparado para pedir alguma coisa específica.

2) Muitos lugares ficam aberto 24 horas ou até bem tarde, incluindo supermercados.

Alguns restaurantes onde comi que oferecem o cardápio em inglês e que eu recomendo são:

  • БЮРО (Byuro)

Hamburgueria que conta com um enorme cardápio de drinks (este somente em russo). Pedimos o Porto Cheese e o Hot Butter Rum porque achamos os nomes curiosos.

russia1
Da esquerda para a direita, Porto Cheese e Hot Butter Rum. Não é uma graça essa proteção de copo de tricô?
  • Гости (Gosti)

Restaurante aconchegante com cara de casa de vó próximo ao Hermitage. Aberto de 8h a 24h e com um cardápio variado e uma vitrine de doces, é uma boa opção para todas as horas.

  • Бекицер (Bekitzer)

Restaurante de culinária israelita com uma cara hipster. Ótima seleção musical e funcionários amigáveis.

Outros lugares sem cardápio em inglês onde os funcionários não falavam inglês, mas se mostraram muito solícitos:

  • Redrum

Bar com temática do filme O Iluminado que vende cervejas artesanais locais e estrangeiras. Eu pedi a Breakfast Stout, que é uma mistura de aveia, chocolate e café (!), e custou 210 RUB (3 EUR).

russia2

  • Doggy Dog

Uma lanchonete que vende cachorros-quentes de vários lugares do mundo. Você não vai encontrar lá o cachorro-quente paulistano com purê de batata, mas pode pedir um cachorro-quente russo, francês, alemão, com pão preto etc.

MUSEUS

Os dois maiores museus de São Petersburgo são o Hermitage e o Museu Russo. Dá pra passar literalmente um dia inteiro no Hermitage, que está dividido em sete prédios – Winter Palace, Menshikov Palace, Great (Old) Hermitage, New Hermitage, Small Hermitage, Hermitage Theater e General Staff Building. Este último passou por uma reforma de 2008 a 2014 e hoje abriga a ala de arte contemporânea que recebe exposições temporárias. Conta também com um grande acervo de obras do século XIV e XX. É onde encontra-se o quadro La Danse de Matisse. No New Hermitage, há uma sala só com obras do pintor holandês Rembrandt.

DSC_0008mDSC_0013m8A90CD0B-4321-4CA5-A24C-5671CCF51B56

É possível comprar um único ingresso para todos os museus por 700 RUB (10 EUR). Mas, infelizmente, só vale para o dia da compra.

Já o Museu Russo conta com um abrangente acervo de artistas russos, incluindo Kandinsky e Chagall.

DICAS: 1) Se você quiser ver, pelo menos, mais de 2 museus Hermitage com o combo, tente ir numa quarta ou sexta, quando o museu fica aberto de 10h30 a 21h. Também recomendo baixar o aplicativo “Audio-Guide to the Hermitage”, que além de sugerir tours para você fazer por conta própria, tem um mapa que me ajudou a achar as obras. Tem até um tour só com pinturas de gatos.

2) O acesso aos museus Hermitage é gratuito toda primeira quinta-feira do mês.

3) Há máquinas na entrada do Winter Palace que poupam o tempo que você passaria na fila das bilheterias e ainda têm a opção de idioma em inglês e de pagamento em cartão e dinheiro.

Outros destaques:

  • Catedral do Sangue Derramado

Catedral ortodoxa semelhante à Catedral de São Basílio de Moscou (a catedral que parece ser feita de doces). Apesar de suas cores não chamarem tanta atenção quanto às da catedral de Moscou, é maior e mais detalhada.

  • Catedral de Nossa Senhora de Cazã

Dizem que esta catedral ortodoxa foi inspirada na Basílica de São Pedro de Roma, com o diferencial de que suas colunas formam uma meia-lua.

  • Casa Singer

O belo prédio da antiga Singer Corporation (aquela das máquinas de costura) abriga hoje uma livraria. Por isso, também é conhecida hoje como Дом Книги (Casa dos Livros).

  • Jardim de Verão

Os jardins do Palácio de Verão são abertos gratuitamente ao público.

  • Museu de Fiódor Dostoiévski

O antigo apartamento do escritor russo. Foi onde ele escreveu a obra Os Irmãos Karamazov.

  • Cinema Avrora

Se você é fã de cinemas de rua antigos como eu, vai adorar este cinema. O primeiro cinema de São Petersburgo conta com uma linda decoração Art Decó em seu interior. Fica escondido em uma entradinha da Nevsky Prospekt, a principal avenida da cidade.

DSC_0032mDSC_0038mDSC_0025mDSC_0055mDSC_0057mDSC_0061m

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s