As duas esculturas de Picasso “escondidas” na Holanda

BF3512C9-B8D6-4916-968B-D8E2EBBD5D30
English below.

Neste post, eu escrevi que Amsterdã está cheia de “tesouros secretos”. Também no Vondelpark, há uma escultura do artista espanhol Pablo Picasso. Mas esta não é a única escultura de Picasso exposta num espaço público na Holanda. É possível ver outra na cidade de Roterdã.

Se você já viu a escultura em Amsterdã, já parou para pensar por que ela está “escondida” neste local específico do Vondelpark em vez de estar numa das entradas principais ou em outro lugar de destaque?

A obra foi colocada ali para uma exposição que marcou o centenário do Vondelpark em 1965. O parque foi transformado num grande museu ao ar livre com obras de arte de artistas holandeses tais como Karel Appel, André Volten e Wim T. Schippers.

Picasso doou a escultura à cidade com a condição de que ela permaneceria exposta publicamente neste exato local. A escultura é chamada de Figure découpée ou L’oiseau (o pássaro). Contudo, também se referem a ela como “o peixe”.

No vídeo abaixo, dá para ter uma ideia de como o parque ficou nesta época. Você não verá a obra de Picasso porque ela não ficou pronta a tempo da abertura da exposição.

Um ano antes da exposição, Roterdã já dava os primeiros passos para garantir uma escultura de Picasso só para ela. Mas foi só no ano de 1971 que uma escultura de Sylvette David, a musa do artista, foi colocada na rua Weena. Em 2004, a obra ganhou um novo lugar na área dos museus da cidade, onde continua até hoje, ao lado do Museu Boijmans Van Beuningen.

As duas esculturas fazem parte de uma longa colaboração de 17 anos entre Picasso e o escultor norueguês Carl Nesjar – que foi responsável por ampliar em concreto os modelos que Picasso fazia em chapa metálica.

***

On this post, I wrote that Amsterdam is full of hidden gems. Also at Vondelpark, you can find a sculpture by Pablo Picasso. But this is not the only sculpture by the Spanish artist which is exhibited in a public space in the Netherlands. There is another one in Rotterdam.

If you know the sculpture in Amsterdam, have you ever wondered why it is ‘hidden’ at this particular spot in Vondelpark instead of being at one of the main entrances or another place in the spotlight?

The piece was placed there for an exhibition on the occasion of Vondelpark’s 100th anniversary in 1965. The park was turned into an open-air museum with art works by Dutch artists such as Karel Appel, André Volten, and Wim T. Schippers.

Picasso then donated the sculpture to the city on the condition that it would always be publicly exhibited at this spot. It is called Figure découpée, or L’oiseau (the bird). However, it’s also referred as ‘The Fish.’

One year before the exhibit, Rotterdam was already giving the first steps to secure its own sculpture by Picasso. Nevertheless, it was only in 1971 that a sculpture of Sylvette David, Picasso’s muse, was placed at the Weena street. In 2004, the piece was moved to the city’s museum district, where it is still located, next to the Museum Boijmans Van Beuningen.

The two sculptures are part of a 17-year collaboration between Picasso and Norwegian sculptor Carl Nesjar – who was responsible for enlarging in concrete the models Picasso made in sheet metal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s